• fisiotrainingpt

Doença de Parkinson



Dia Mundial da Doença de Parkinson, uma iniciativa da Associação Europeia da Doença de Parkinson (EPDA – European Parkinson’s Disease Association). A data evoca o nascimento de James Parkinson, o médico que descreveu a doença pela primeira vez... . . A Doença de Parkinson é uma doença crónica que afecta o sistema motor, ou seja, que envolve os movimentos corporais, levando a tremores, rigidez, lentificação dos movimentos corporais, instabilidade postural e alterações da marcha, quando o conjunto dos sintomas rigidez, tremor e bradicinésia está reunido e ainda se junta uma alteração da postura com inclinação da cabeça e do tronco para a frente e um caminhar com passos pequenos e arrastados, o diagnóstico é fácil de fazer mesmo por alguém não médico. Mas no inicio da doença nos casos em que esta começa por rigidez e bradicinésia sem tremor, o diagnóstico é mais difícil de colocar... . . Na doença de Parkinson a fisioterapia joga um papel muito importante, os utentes de forma gradual, acabam por desenvolver problemas físicos que afectam significativamente a dependência dos mesmos para realizar tarefas básicas do dia a dia.... . . A reabilitação vá dirigida a melhora do estado físico e ao retardo da progressão dos estados motores, e assim permitir maior autonomia para realizar actividades do dia a dia que impliquem mobilidade (levantar-se, vestir-se, sentar-se, passear, tomar banho etc), ajudam a sua vez a melhora do equilíbrio e coordenação, reabilitar marcha e bloqueios, prevenção de quedas, previr complicações respiratórias e circulatórias.. 

...

Os objectivos fisioterapeutico com utentes da doença de Parkinson são:


- Diminuição da dor, podemos realizar técnicas de massagens nos, especialmente nas pernas sendo uma zona alvo muito frequente;


- Evitar posturas compensativas: correcção de posturas incorrectas, se podem realizar exercícios a frente do espelho, assim o utente consegue realizar a correcção de uma ma postura mediante as indicações do fisioterapeuta;


- Evitar encurtamento musculares e debilidades; para isto devemos ter especial atenção em os alongamentos em cada sessão com o utente, de facto é recomendado fazer uma serie deles ao acordar e antes de ir dormir;


- Melhorar a funcionalidade do utente; significa ensinar como o utente pode desenvolver-se no seu dia a dia com as dificuldades que pode ir apresentando com esta doença, procuramos que o utente seja o mais independente nas suas actividades diárias;


- Melhorar a coordenação, neste caso devemos trabalhamos com exercícios que consigam manter atenção do utente mediante diferentes estímulos, indicar movimentos repetitivos, rítmicos e combinados;


- Reeducação da marcha; devemos ter em atenção a distancia entre um pé e outro, os passos devem ser realizados com distancia para evitar possíveis quedas ao caminhar;


- Melhora da respiração; presença da rigidez acaba por estar presente nesta doença, podemos melhorar com aplicação de técnicas de fisioterapia respiratória.


Muito importante é ter em conta que cada utente presenta mais dificuldade que outras ao realizar a terapia, por tanto deve existir um protocolo de fisioterapia individualizada.



0 vistas

©2019 by FisioTraining.pt Emmanuel Regalado.